Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Laterais aproveitam chance e têm boa fase na equipe do São Paulo

Rodrigo Caio e Carleto foram os destaques do time na vitória por 2 a 1 sobre o São Bernardo

Agência Estado,

21 de março de 2013 | 18h04

SÃO PAULO - O São Paulo não vive boa fase, mas pelo menos parece ter encontrado um pouco mais de segurança pelas laterais. Na direita, Rodrigo Caio, que originalmente é volante, ganhou a posição de Douglas e vem se destacando, principalmente pelo poder de marcação. Contra o São Bernardo, na quarta, fez seu primeiro gol como profissional. Já na esquerda Cortez está machucando e Thiago Carleto está aproveitando muito bem a oportunidade. Tanto que foi dele a assistência para Rodrigo Caio marcar o gol da vitória na noite passada.

"Fico feliz por ajudar. Venho me empenhando muito e estou procurando aproveitar todas as chances que venho recebendo", explica Carleto, que substitui Cortez, com dores no joelho direito. O antigo titular, pode voltar do departamento médico para o banco.

"O Carleto fez um grande jogo e vem mostrando que está na briga por uma vaga. Pela boa atuação na última partida, a tendência é que o time seja mantido para o duelo com o Bragantino", disse Ney Franco. Cortez treinou com bola nesta quinta e deve ficar à disposição para o duelo de sábado, no Morumbi.

Já Rodrigo Caio, de 19 anos, colocou Douglas, antigo curinga de Ney Franco, no banco. E vem justificando a chance fora de posição. "Estou procurando me adaptar da melhor forma possível a essa posição. A lateral exige muito preparo físico e força, estou procurando aproveitar as oportunidades e me soltar cada vez mais. Ainda acho que estou um pouco preso pra atacar, mas isso vou pegando com o tempo", comentou o garoto, que se diz são-paulino desde criança.

"O Rodrigo vem em uma sequência de jogos muito boa. Eu tinha algumas opções pra lateral, mas ele continuou na equipe porque realmente está jogando muito bem. Ele não está jogando na lateral-direita porque está faltando opções, mas sim porque se encaixou. Um ponto positivo é que ele me dá opção de jogar também como volante", elogiou Ney Franco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.