Laterais: as armas do Corinthians

No jogo do primeiro turno ? triunfo por 3 a 2 no Pacaembu ? o Corinthians sofreu muito com a marcação do Paysandu. Ciente de que seu time nesta quinta-feira, mais uma vez, vai enfrentar um duro paredão defensivo, o técnico Antônio Lopes acredita surpreender pelas beiradas do campo. Como? Explorando à exaustão a boa fase dos laterais Eduardo e Gustavo Nery, que não jogaram naquela complicada vitória. Coelho e Ronny foram os titulares.?Nossos atacantes e meias fazem muitos gols, o que chama mais a atenção dos marcadores. É neste momento que os laterais surpreendem,? acredita Gustavo Nery. Suas palavras são confirmadas com os números. Só neste Brasileiro, ele já marcou seis gols. Eduardo, anotou apenas uma vez, mas surgiu no time titular há dois meses.A dupla de laterais vem sendo poupada nos últimos jogos por causa da maratona. Eduardo, por exemplo, não enfrentou o São Paulo, segunda-feira. Nesta quinta, acredita, fará grande duelo no Mangueirão, em Belém.Já Gustavo Nery ? descansou no duelo contra o Pumas, dia 19 ? joga pelo time e para Carlos Alberto Parreira. ?Tem convocação para a seleção brasileira (amistosos contra os Emirados Árabes e All Star Team, do Kuwait), não é hora de ficar sem jogar?, afirma. A convocação será nesta quinta-feira, às 15 horas, na sede da CBF. Nery foi substituído diante do São Paulo, sentindo dores musculares. Entretanto, não admite desfalcar o time no importante confronto desta quinta à noite. ?Às vezes o cansaço é mais mental?, justifica. ?E agora é momento de irmos para o sacrifício.?

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 09h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.