Laterais são os problemas de Benazzi para o clássico

Patrício e Bruno Recife não defendem a Portuguesa no jogo contra o Palmeiras neste domingo

Agência Estado,

23 de maio de 2008 | 20h00

Enquanto a Portuguesa esteve treinando concentrada em Itu, no interior de São Paulo, o técnico Vágner Benazzi fez de tudo para esconder a escalação do time. Neste domingo, a equipe enfrenta o Palmeiras, às 18h10, no Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico tem problemas nas laterais - na direita, Patrício está suspenso; assim como Bruno Recife, na esquerda. Veja também: Luxemburgo mantém formação para o duelo contra a Lusa A primeira alternativa do treinador seria colocar Wilton Goiano na direita e Anderson na esquerda. Mas ele também sinaliza com a possibilidade de colocar o meia Edno na esquerda - ele já fez esta função no Noroeste. Se não bastasse, o goleiro André Luis foi liberado para ficar junto de sua mãe, que está com problemas de saúde. Gottardi fica com a vaga. Mesmo com estes problemas, Benazzi tenta manter a tranqüilidade e prega o planejamento para a Portuguesa não entrar em ‘parafuso’. "O jogo contra o Palmeiras será muito importante. Temos de ter tranqüilidade. Temos um planejamento e precisamos aguardar para colher os frutos. Ainda estamos na terceira rodada e confio no meu grupo", disse o treinador. Em 24 partidas disputadas até hoje contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro, a Portuguesa venceu oito vezes, empatou seis e perdeu dez. Em 10 duelos como mandante, o time do Canindé saiu vitorioso em cinco oportunidades, empatou três vezes e perdeu em outras duas. O técnico Luxemburgo, do Palmeiras, elogia o trabalho da comissão técnica da Lusa. Diz que sua equipe teve dificuldade na vitória por 1 a 0 no Campeonato Paulista. O gol de Jorge Preá saiu apenas aos 48 minutos do segundo tempo. A preocupação de Luxemburgo é o ataque da Portuguesa, com Diogo e Christian. Não será surpresa se o treinador reforçar o meio-de-campo de sua equipe para se prevenir contra surpresas.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série APortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.