Lateral André Santos é detido por guiar a 210 km/h em Londres

O lateral-esquerdo brasileiro André Santos, do Arsenal, foi detido em Londres após ser flagrado dirigindo a cerca de 210 km/h, disse a imprensa britânica nesta quarta-feira.

Reuters

22 de agosto de 2012 | 09h31

O incidente ocorreu na sexta-feira perto do centro de treinamentos do seu clube, na zona norte da capital britânica.

No dia seguinte, o brasileiro ficou no banco de reservas durante o empate sem gols contra o Sunderland, na primeira rodada do Campeonato Inglês.

André Santos teria tentado fugir da abordagem policial, mas acabou sendo parado. Um porta-voz da Polícia Metropolitana de Londres disse que "logo depois das 9h30 de sexta-feira, 17 de agosto, um homem de 29 anos foi detido sob suspeita de direção perigosa e de não parar para a polícia na (rodovia) A1, perto da saída 22 da (rodovia) M25".

O porta-voz disse que "a atenção dos agentes foi atraída para o veículo devido à forma da sua condução. O homem pagou fiança para retornar numa data em meados de setembro a uma delegacia do norte de Londres".

O jogador não passou por teste de bafômetro, segundo a polícia, e pode ser sentenciado a até dois anos de prisão se for condenado por direção perigosa.

(Reportagem de Mike Collett)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESANDRESANTOSDETIDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.