Lateral Arce renova com o Palmeiras

O lateral-direito paraguaio Arce renovou seu contrato com o Palmeiras após quase cinco meses de impasse. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pelo site oficial do clube, e o jogador poderá ser inscrito apenas para a segunda fase da Libertadores. Arce está impossibilitado de atuar pelo Campeonato Paulista, já que as inscrições se encerraram no mês passado.Antes da nova legislação sobre o passe, a Parmalat detinha 77% do passe de Arce, enquanto 23% eram do Palmeiras. Mesmo com a lei que extinguiu este tipo de vínculo do jogador com o clube, o Palmeiras já havia entrado em acordo com a empresa para a compra simbólica do passe do paraguaio.Na negociação, receosa em perder todo o investimento no atleta, a Parmalat reduziu significativamente o valor a ser cobrado do Palmeiras - os números não foram revelados. O clube paulista, por sua vez, em retribuição aos oito anos de co-gestão com a empresa, comprometeu-se a pagar o valor combinado, independentemente do fato de a lei não mais obrigá-lo a isso. Faltava, entretanto, o acordo do clube com o jogador, selado no início da madrugada desta quarta-feira. Arce teria aceitado receber um salário praticamente igual ao de seu último contrato, em torno de R$ 120 mil.A próxima fase da Libertadores começará em maio. O jogador terá cerca de um mês para recuperar a forma física, já que estava sem atuar desde 20 de dezembro, quando o Palmeiras foi derrotado por 4 a 3 pelo Vasco na final da Copa Mercosul.Apesar da confirmação do site oficial, a diretoria palmeirense reagiu com surpresa à divulgação da informação. Segundo o tesoureiro do clube, Durval Colossi, o acordo estaria muito próximo e deveria ser divulgado pelos dirigentes entre quinta e sexta-feira. O diretor de Futebol Américo Faria e o cordenador Márcio Araújo estão no Paraguai, acompanhando o time no jogo contra o Cerro Porteño pela Libertadores da América.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.