Alex Silva/Estadão Conteúdo
Alex Silva/Estadão Conteúdo

Lateral Uendel admite toque na mão, mas não sabe se fez pênalti

Corintiano reconhece que bola bateu na sua mão, mas sem intenção

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

09 Agosto 2015 | 20h09

Protagonista do lance mais polêmico do empate por 1 a 1 entre São Paulo e Corinthians, neste domingo, no estádio do Morumbi, o lateral-esquerdo Uendel admite que a bola bateu em sua mão no chute em que os são-paulinos reclamam de pênalti, mas o corintiano nega que tenha sido intencional. "Foi um lance rápido. Acho que deixei minha mão na frente do corpo. Dei uma girada, pelo que me lembro, e não sei se o braço abriu muito. Foi um lance bastante rápido e um chute forte. Foi um lance bem polêmico", analisou.

Após o chute de Wesley e o desvio de Uendel, os jogadores do São Paulo demonstraram muito nervosismo e participaram para cima do trio de arbitragem. "A pressão foi grande, mas o (Leandro Pedro) Vuaden estava bem convicto. Acho que ele teve a mesma percepção que a minha e que foi mais intuição do que eu quis tirar a bola, já que o Cássio estava na jogada. A bola bateu na mão, não escondo, ainda não vi o lance para dizer se foi pênalti ou não", desconversou o jogador corintiano.

Logo após a partida, o técnico Tite também preferiu se esquivar sobre a marcação da penalidade e disse que precisaria ver a imagem na televisão para ter uma opinião formada. "Esperei para ver se eu conseguiria ver o lance, mas não tive internet aqui. Vou olhar e falo depois", prometeu.

Em relação ao resultado da partida, o lateral disse que, pelos outros placares da rodada, o empate acabou sendo bom para o Corinthians. "A gente avalia o jogo rodada a rodada. Ficamos sabendo dos resultados, então não foi tão ruim um empate aqui, né? Porque todo mundo que estava lá em cima não venceu. O Atlético Mineiro empatando com o Goiás (0 a 0) a gente se aproximou. Se o Atlético tivesse ganho, aí sim iríamos lamentar" analisou o lateral, mostrando estar por dentro do que aconteceu na rodada.

O elenco do Corinthians se reapresenta na manhã desta segunda-feira e na quarta enfrenta o Sport, no estádio Itaquerão, em um jogo contra um adversário direto pelas primeiras colocações. O time alvinegro chegou aos 34 pontos, quatro a mais que o adversário pernambucano, que empatou fora de casa com o Atlético Paranaense.

Mais conteúdo sobre:
futebolCorinthiansUendel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.