Pierre-Phlippe Marcou/AFP
Pierre-Phlippe Marcou/AFP

Lateral da Espanha já mira 1º lugar de grupo e evita apontar rival para oitavas

Espanhóis vão encerrar a primeira fase diante do Marrocos

Estadão Conteúdo

21 Junho 2018 | 20h58

A Espanha ainda não confirmou sua vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Mas o lateral-esquerdo Jordi Alba já pensa na primeira colocação do Grupo B do Mundial da Rússia e evita projetar um possível rival no mata-mata. A chave terá cruzamento com o grupo A, de Rússia e Uruguai, ambos já garantidos nas oitavas.

+ UGO GIORGETTI - Um jeito de proceder após demissão de Lopetegui

+ Sergio Ramos destaca evolução da Espanha e pede mais conclusões a gol

"Temos que ser confiantes e sabemos que temos uma grande seleção. Tomara que sejamos os primeiros colocados do grupo porque o confronto será melhor para nós. Mas não tenho preferência para os rivais das oitavas de final", disse o lateral, nesta quinta-feira, um dia depois da suada vitória sobre o Irã, por 1 a 0.

A Espanha divide a liderança da chave com Portugal. Ambos têm quatro pontos, mas os espanhóis levam vantagem por terem menor número de cartões amarelos, que poderá ser o critério de desempate para definir as posições da chave.

O primeiro triunfo foi obtido nesta quinta com uma atuação irregular da Espanha diante da retranca iraniana. Um dia depois do duelo, Alba minimizou as dificuldades enfrentadas por sua seleção. "Nos consola que outras equipes [favoritas] também estão tendo problemas para vencer. Todas as seleções podem te vencer hoje em dia. O futebol se define por pequenos detalhes."

 

O lateral garantiu que o cansativo duelo de ataque contra defesa, diante do Irã, não desgastou o time espanhol. "Fisicamente, estamos muito bem. A sensação é boa, estamos fazendo bons jogos e, defensivamente, estamos sérios", afirmou o jogador do Barcelona, satisfeito com as atuações da seleção na Rússia.

A Espanha empatou na estreia com Portugal por 3 a 3. Contra o Irã, venceu por 1 a 0 e ficou perto da classificação às oitavas. Para Alba, o time espanhol vem se adaptando bem ao estilo do técnico Fernando Hierro.

"Ele é uma pessoa que se encaixou bem no grupo, é muito próximo dos jogadores. Estamos felizes de tê-lo conosco. A ideia de futebol dele é a mesma que tínhamos com Lopetegui. A essência da seleção espanhola é a mesma e tomara que Hierro possa fazer um grande papel", disse o lateral, referindo-se à demissão de Julen Lopetegui, a dois dias da estreia da equipe na Copa do Mundo.

Lopetegui foi demitido por ter acertado contrato com o Real Madrid sem comunicar as negociações com a Real Federação Espanhola de Futebol, com a qual havia renovado seu vínculo há cerca de um mês.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.