Reprodução/Twitter/JuventusFC
Reprodução/Twitter/JuventusFC

Lateral-direito João Cancelo passa por exames na Juventus e deve ser reforço

Português atuou na Inter de Milão na última temporada emprestado pelo Valencia, que não divulgou valores do negócio

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 07h54

A Juventus aguarda resultados de exames médicos do lateral-direito João Cancelo para anunciá-lo como reforço para a próxima temporada, após negociação com o Valencia. O jogador português desembarcou em Turim nesta terça-feira e na manhã desta quarta foi submetido a testes clínicos nas dependências do clube.

+ Inter de Milão chega a acordo com a Roma e anuncia a contratação de Nainggolan

+ Roma oficializa contratação de Pastore junto ao PSG por R$ 108,7 milhões

Revelado pelo Benfica, o defensor pouco jogou no futebol português antes de ser emprestado para o Valencia, em agosto de 2014, e contratado pela quantia de 15 milhões de euros dez meses depois (cerca de R$ 52 milhões de reais na cotação da época). Ao todo, disputou três temporadas completas pelo clube espanhol.

De agosto de 2017 a maio de 2018, Cancelo esteve emprestado à Inter de Milão, portanto já tem experiência no Campeonato Italiano. Nesse período, disputou 28 partidas, 22 delas como titular, e marcou um gol. O custo da transferência do Valencia para a Juventus não foi divulgado.

Na nova equipe, Cancelo poderá jogar tanto como lateral-direito no 4-4-2 como de ala no 3-5-2, esquemas utilizados pelo técnico Massimiliano Allegri. Na última temporada, na qual a Juventus ganhou o sétimo título seguido do Campeonato Italiano e o quarto consecutivo da Copa da Itália, Mattia De Sciglio, Juan Cuadrado e Stephan Lichtsteiner foram utilizados no setor.

Lichtsteiner foi o jogador mais escalado como lateral-direito por Allegri nas últimas temporadas, mas o suíço deixou a Juventus após sete anos. O defensor se transferiu para o Arsenal.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.