Lateral-direito revelação do Corinthians vai para o PSV

Carente de laterais e principalmente no setor direito, o Corinthians perde mais um jogador da posição. Revelação das categorias de base do clube, o lateral-direito Fagner, de apenas 17 anos, assinou um contrato de cinco anos, nesta terça-feira, com o holandês PSV Eindhoven.O jogador, que teve seu contrato com o time da capital paulista terminado no dia 31 de janeiro, não aceitou a proposta corintiana de renovação e na segunda-feira foi à Holanda para assinar com a equipe dos brasileiros Gomes e Alex.Atualmente, o lateral-direito titular, Eduardo Ratinho, está lesionado, e Edson, que é lateral-esquerdo e às vezes é deslocado para a direita, também está machucado. A opção que resta para a posição agora é apenas Marcos Tamandaré, contratado recentemente junto ao Sport Recife. Fagner encerrou a temporada 2006 como titular do Corinthians e também teve boa participação no título da seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano sub-20. Aliás, o jovem lateral-direito também irá disputar o Mundial da categoria, em junho, no Canadá. A proposta de 21 meses de contrato oferecida pelo Corinthians não agradou o jogador, que preferiu fechar com o PSV pela margem muito mais segura de cinco anos. Porém, como a janela de transferências para o exterior acabou no dia 31 de janeiro, o lateral só vestirá a camisa do clube holandês a partir de julho.Por conta disso, Fagner procura um time no Brasil para não ficar parado até o meio do ano. A solução foi apoiada pelo PSV, mas Fagner ainda não fechou com nenhuma equipe brasileira, que dificilmente será o Corinthians ou algum clube paulista, pois o jovem jogador prefere evitar qualquer situação de mal estar com o time que o revelou.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2007 | 12h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.