Rui Vieira/AP
Rui Vieira/AP

Lateral do City é preso acusado de estupro e agressão sexual na Inglaterra

Benjamin Mendy foi detido preventivamente na cidade de Chester, noroeste do país; clube suspendeu o atleta, que teria atacado três mulheres entre outubro de 2020 e agosto de 2021

AFP, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2021 | 12h28

O lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, de 27 anos e jogador do Manchester City, foi acusado quatro vezes de cometer estupro e uma vez de praticar agressão sexual e foi colocado em prisão preventiva por decisão de um tribunal britânico nesta sexta-feira, dia 27. Os casos já vinham em andamento. 

O jogador compareceu a um tribunal de Chester, noroeste da Inglaterra, onde o juiz ordenou a detenção preventiva. Mendy falou apenas para confirmar seu nome, endereço e data de nascimento. Como o pedido para fiança foi recusado pelo juiz, o jogador deve passar o fim de semana preso.

Os ataques teriam acontecido entre outubro de 2020 e agosto de 2021. Três mulheres, incluindo uma de 18 anos, seriam as vítimas. Seus nomes estão sendo preservados. Mendy já enfrentava uma acusação de violação das condições de fiança em agosto, mas esta denúncia foi retirada no tribunal.

Segundo testemunhas, o jogador do Manchester City não demonstrou qualquer emoção ou incômodo durante a audiência, que durou cerca de uma hora. Debbie Bryne, promotora do caso, afirmou que uma das condições da fiança de Mendy era que ele não deveria ter festas em casa.

Ocorre que nesta semana, a polícia foi chamada para uma festa que acontecia na residência do jogador, no vilarejo de Mottram St Andrew. Na sequência, o francês foi preso por uma nova acusação de estupro.

"O réu mostrou total desrespeito e uma arrogância em ignorar as condições da fiança e continuar a conduzir sua vida social como ele quiser", disse Byrne. Ele foi levado do tribunal por dois oficiais de justiça. O juiz do distrito, Jack McGarva, enviou o caso ao Tribunal de Chester Crown onde o jogador é esperado no dia 10 de setembro. Caso os advogados do atleta não apelem contra a recusa de fiança, o francês ficará em custódia pelo menos até essa data. Qualquer apelo só será ouvido no começo da próxima semana.

Mendy está no Manchester City desde 2017, quando se transferiu do Monaco em uma transação no valor de 52 milhões de libras (R$372 milhões), valor recorde para um defensor na época. Em comunicado, o clube informou que o lateral foi suspenso, enquanto aguarda o andamento da investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.