Lateral do Fluminense revela boa evolução após cirurgia no joelho

Afastado dos gramados desde agosto, o lateral-esquerdo Giovanni vem mostrando boa evolução após cirurgia no joelho direito. Retomando os trabalhos físicos gradualmente, ele espera estar à disposição do técnico Eduardo Baptista para o Campeonato Carioca, que começa no fim de janeiro.

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2015 | 13h28

"Hoje estou bem. Estou conseguindo correr, fazer mudança de direção e saltar. O equilíbrio de força já está igual. Agora é readaptar aos movimentos de campo para que no início de 2016 consiga fazer todos os trabalhos junto do restante do grupo", afirma Giovanni, que vinha em boa fase na equipe antes de se lesionar.

Ele sofreu uma grave contusão no joelho direito em agosto, com previsão de retorno em seis meses. A recuperação no início foi dificultada por uma infecção local, que manteve o atleta internado por quase um mês. Apesar disso, o problema não aumentou o tempo de recuperação do joelho.

"Tive um bom início no time, principalmente no primeiro semestre, consegui um entrosamento rápido com meus companheiros pelo lado esquerdo, mas no momento que senti que meu futebol estava crescendo ainda mais, tive uma lesão grave no joelho", lamenta o lateral, que chegou ao clube carioca em janeiro, vindo do Criciúma. Desde então disputou 29 jogos e marcou um gol.

Superado o pior momento da recuperação, Giovanni se mostra confiante para voltar ao time em fevereiro. "Nessa reta final de ano estou conseguindo fazer bem os trabalhos de preparação física, então estou esperando um 2016 100% para começar bem", projeta o atleta de 26 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseGiovanni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.