Lateral do Santo André pode ser preso

O técnico Vágner Benazzi do Santo André ganhou um inesperado desfalque para o jogo contra a Francana, neste domingo, pela Série A-2 do Campeonato Paulista. É que o lateral-esquerdo Carlos Roberto, ex-jogador do Corinthians e da Portuguesa, está com um mandado de prisão, acusado pelo Ministério Público de Campinas por formação de quadrilha e receptação de produtos eletrônicos.A notícia estourou como uma bomba pela manhã no estádio Bruno José Daniel, tanto que logo após o treino o jogador foi dispensado e fugiu porque poderia ser preso. O seu processo corre na 4ª Vara Criminal de Campinas com o juiz Caio Chaves, que pretende ouvir a defesa do jogador no dia 19 de abril.Surpreso com o fato, a diretoria do clube colocou seus advogados à disposição de Carlos Roberto, mas as primeiras medidas só devem ser tomadas na segunda-feira. O advogado Carlos Romera confirmou, à tarde, que ainda não teve acesso ao processo e muito menos conversou com o juiz encarregado de analisar o processo. A idéia é apresentar o jogador à Justiça, evitando a conotação de que ele seja um fugitivo. E o advogado garante que fará de tudo para revogar o mandado de prisão do lateral, por enquanto, fora do time do Santo André.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.