Adrian Dennis/AFP
Adrian Dennis/AFP

Lateral espanhol salva Chelsea de derrota fora de casa no Campeonato Inglês

Marcos Alonso marca dois gols na partida, um deles aos 40 minutos do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

29 de fevereiro de 2020 | 14h44

Não anda fácil a vida dos torcedores do Chelsea. Quatro dias depois de verem seu time ser atropelado pelo Bayern de Munique (3 a 0) na rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, eles amargaram mais um tropeço, desta vez o empate por 2 a 2 com o fraco Bournemouth, fora de casa, pela 28.ª rodada do Campeonato Inglês.

Esse resultado deixou a equipe de Londres em uma posição muito perigosa na competição. Ela é a quarta colocada, com 45 pontos, mas sua vantagem para o Manchester United, o quinto, será de apenas um ponto caso o time vermelho de Manchester derrote o Everton neste domingo, em Liverpool. Os quatro primeiros do Inglês garantem vaga na Liga dos Campeões.

O Bournemouth, por sua vez, é o 17.º colocado, ou seja, o último fora da zona de rebaixamento (na Inglaterra, os três últimos caem para a segunda divisão). E o time só não corre o risco de entrar na região da degola neste fim de semana porque o Aston Villa, 18.º, não vai jogar pelo Inglês, uma vez que decidirá neste domingo o título da Copa da Liga com o Manchester City.

O lateral-esquerdo espanhol Marcos Alonso, aproveitando um cruzamento que a defesa do Bournemouth não conseguiu afastar da área, colocou o Chelsea em vantagem no primeiro tempo. Depois do intervalo, porém, a equipe da casa cresceu bastante e conseguiu a virada em poucos minutos. Aos oito, Lerma empatou o jogo e, aos 11, King marcou um gol de puro oportunismo para consolidar a virada.

Faltavam poucos minutos para o fim da partida quando o Chelsea conseguiu se livrar da derrota graças a mais um gol de Marcos Alonso, o herói improvável da equipe de Londres. Ele aproveitou um rebote do goleiro Ramsdale para de cabeça mandar a bola para o fundo do gol e, assim, evitar um resultado ainda pior para o time comandado pelo ex-meia Frank Lampard.

O West Ham, que na última segunda-feira quase conseguiu a façanha de derrotar o Liverpool, obteve uma vitória importante neste sábado: 3 a 1 sobre o Southampton. O tradicional time de Londres saiu da zona de rebaixamento com esse resultado - agora é o 16.º colocado, com os mesmos 27 pontos do Bournemouth, mas melhor saldo de gols. O Southampton é o 13.º, com 34.

Fora de casa, o Crystal Palace (12.º colocado, com 36 pontos) venceu por 1 a 0 o Brighton (15.º, com 28), enquanto Newcastle (14.º, com 32) e Burnley (nono, com 38) empataram sem gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.