Lateral inglês Ashley Cole é condenado por excesso de velocidade

O lateral-esquerdo do Chelsea e da seleção inglesa Ashley Cole foi considerado culpado por infringir os limites de velocidade, após a polícia ter flagrado o jogador guiando seu carro mais de duas vezes acima do limite permitido em novembro.

REUTERS

04 de janeiro de 2010 | 18h13

Cole, de 29 anos, pode perder o direito de dirigir por ter sido pego pela polícia com seu Lamborghini Gallardo preto a 104 milhas por hora (167 km/h), numa área de 50 milhas por hora, perto de Londres, em 17 de novembro.

O jogador disse aos policiais após ser parado que achava que sua velocidade era de 80 milhas por hora e que estava sendo perseguido por fotógrafos paparazzi, de acordo com a Press Association.

Cole não compareceu à audiência em que foi condenado nesta segunda-feira na Corte de Kingston, onde seus advogados argumentaram seu sucesso que o sensor de velocidade da polícia poderia ter falhado.

A presidente da Corte, Judith Jewell, disse que Cole pode perder o direito de dirigir quando a sentença for anunciada em 29 de janeiro.

(Reportagem de Tim Castle)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESCOLE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.