Lateral Kaji desfalca o Japão na estréia contra a Austrália

O técnico da seleção japonesa, o brasileiro Zico, descartou neste sábado o lateral Akira Kaji para a estréia do time, nesta segunda-feira, contra a Austrália. Motivo: lesão. O jogador deveria treinar com os titulares para a primeira partida inaugural em Kaiserslautern, mas permanece em tratamento médico. O atleta do Osaka Gamba, de 26 anos, deve ser escalado para o segundo jogo, dia 18, contra a Croácia. ?Kaji recupera-se de uma lesão. Creio que ele poderá estar bem para o segundo jogo, isso se não tiver mais problemas?, disse Zico.Kaji machucou a perna em entrada forte do alemão Bastian Schweinsteiger durante o último amistoso entre as duas equipes, em Leverkusen, que terminou empatado em 2 a 2.?Continuo sentindo dores quando ando ou mudo de direção. Mas posso chutar sem sentir nada", disse Kaji, que foi substituído por Yuichi Komano, lateral do Hiroshima Sanfrecche.Zico acrescentou que uma das vagas do grupo F é praticamente certa para o Brasil - e os outros três times disputam com igualdade de forças o posto remanescente. ?É quase certo que o Brasil vai se classificar. Os outros times têm 33% de chance de avançar.? O técnico crê que a segunda vaga será decidida nos detalhes. ?O time que cometer menos erros conseguirá avançar?, opinou Zico.O técnico Guus Hiddink, da Austrália, concorda. ?Talvez o Japão e a Croácia tenham idéias diferentes, mas, realisticamente falando, estamos atrás da segunda vaga do Grupo, atrás do Brasil?, explicou.O holandês, que no último Mundial levou a anfitriã Coréia do Sul às semifinais, ainda rasgou elogios à Seleção brasileira. ?Eles são favoritos e são o adversário mais difícil que poderíamos pegar?, reconheceu. ?Você pode ter uma estratégia contra o Brasil, mas eles têm qualidade para marcar os gols a qualquer momento.?O Brasil enfrentará o Japão no último jogo, dia 22, em Dortmund. Pega a Austrália antes, dia 18.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.