Lauro fica fora de treino na Ponte

Herói da Ponte Preta na vitória sobre o São Paulo, no Moisés Lucarelli, no último final de semana, o goleiro Lauro deu um susto nesta terça-feira. Por causa de uma antiga contusão no tornozelo direito, ele foi poupado dos treinamentos e ficou fazendo tratamento no departamento médico. O caso, no entanto, não é motivo de preocupação e o goleiro tem presença garantida na partida contra o São Caetano, no próximo sábado, no ABC, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o time campineiro tentará se manter na liderança isolada. "Já tenho esse problema há algum tempo. Então, tenho evitado bater tiros de meta longos, deixando isso a cargo do Galeano e do Rafael Santos. Mas não estou preocupado. O tratamento que faço tem atenuado as dores e me permite continuar jogando", garantiu o goleiro. O médico André Paraíso Forte é quem vem tratando da contusão e recomendando à comissão técnica que o atleta seja poupado de alguns treinos. "Ao contrário do que pode parecer, a contusão não é grave. Apenas o poupamos de alguns treinos para que a situação não piore", justificou. Graças à boa campanha, com cinco vitórias consecutivas, o ambiente no clube é tranqüilo. Nesta terça, o elenco ponte-pretano treinou em dois períodos. Pela manhã, houve um trabalho físico. À tarde, os reservas realizaram um jogo-treino com o Atlético Sorocaba, que se prepara para disputar a Série C do Brasileiro. "Esse tipo de movimentação é importante para darmos ritmo de jogo ao pessoal que não sendo aproveitado nos jogos do Brasileiro e deixá-los sempre em condições de substituir algum titular", comentou o técnico Vadão. O time da Ponte que irá enfrentar o São Caetano já está definido. A única mudança, em relação à formação que bateu o São Paulo, será a volta do lateral-direito Rissut, que estava cumprindo suspensão automática, no lugar de Luciano Baiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.