Gregorio Borgia/AP
Gregorio Borgia/AP

Lazio bate Milan de virada e aumenta má fase do rival no Italiano

Equipe da capital assume a terceira posição do campeonato após vitória por 3 a 1; milaneses continuam sem vencer em 2015

Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2015 | 20h09

Na luta por uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa, a Lazio ampliou a má fase do Milan no Campeonato Italiano. Neste sábado, em partida válida pela 20ª rodada, o time da capital derrotou a equipe de Milão por 3 a 1, de virada, com dois gols do meia Marco Parolo.

O triunfo deste sábado levou a Lazio a ascender para a terceira colocação no Campeonato Italiano com 34 pontos, ultrapassando Napoli e Sampdoria, que só vão entrar em campo na segunda-feira e no domingo, respectivamente. Já o Milan, ainda sem vencer em 2015 no torneio nacional, é apenas o décimo colocado, com 26 pontos.

Sem o brasileiro Felipe Anderson, lesionado, a Lazio viu o Milan abrir o placar da partida logo aos 4 minutos do primeiro tempo, com um chute cruzado do francês Jérémy Menez, o décimo gol de um dos vice-artilheiros do Campeonato Italiano.

A reação da Lazio só aconteceu no segundo tempo. E o primeiro gol saiu logo aos dois minutos, com um sem-pulo de Parolo, completamento cruzamento do alemão Miroslav Klose. O segundo gol aconteceu logo depois, aos seis minutos, e foi marcado por Klose, aproveitando erro da defesa do Milan.

O terceiro gol da Lazio foi marcado aos 35 minutos. No lance, Djordjevic se machucou ao receber passe de Candreva. A bola, então, ficou com Parolo que chutou para fazer seu segundo gol na partida. No final, Mexes foi expulso ao tentar agredir Mauri, deixando o Milan com dez jogadores em campo.

Também neste sábado, o Cagliari bateu o Sassuolo por 2 a 1, em casa. Luca Rossettini abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo para o time mandante, mas depois marcou contra aos 31 minutos da etapa final. Duje Cop, aos 34, definiu o triunfo do Cagliari.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.