Andreas Solaro/AFP
Andreas Solaro/AFP

Lazio bate Sampdoria e se garante na terceira colocação na Itália

Time da capital só sai da zona de classificação para a Liga dos Campeões se o Capoli golear o Cessena por mais de quatro gols

Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2015 | 19h49

Com um futebol consistente e convincente, sem dar qualquer chance ao adversário, a Lazio derrotou a Sampdoria por 3 a 0, nesta segunda-feira, no estádio Olímpico, em Roma, e se garantiu na terceira colocação do Campeonato Italiano. Na abertura da 17.ª rodada, que será completada nesta terça com mais nove partidas, a equipe da capital contou com uma boa atuação do meia brasileiro Felipe Anderson, ex-Santos, para obter os três pontos.

A partida em casa era considerada de vital importância para as pretensões no campeonato, já que era o confronto da terceira contra a quinta colocada - Lazio, Napoli e Sampdoria começaram a rodada empatados com 27 pontos. Com o triunfo, a Lazio só deixará a terceira posição, que dá uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa, se o Napoli golear o vice-lanterna Cesena, fora de casa, por quatro ou mais gols de diferença.

Em campo, Felipe Anderson foi o destaque. Com a defesa sólida, sem levar sustos da Sampdoria, o brasileiro teve liberdade para ir ao ataque e brilhou. Parolo já havia aberto o placar, aos 38 minutos, quando, aos 41, o meia recebeu na intermediária e acertou um belo chute, à meia altura, no canto direito do goleiro rival. Na segunda etapa, aos 21, o centroavante Djordjevic só teve o trabalho de colocar a bola para dentro depois de uma bela jogada individual do ex-santista.

Nesta terça, a briga pela liderança promete fortes emoções. A líder Juventus, com 39 pontos, tem o clássico contra a Internazionale, em Turim. A Roma, sua perseguidora com três pontos a menos, encara um duro desafio contra a Udinese, em Údine. Os outros jogos do dia são: Milan x Sassuolo, Chievo Verona x Torino, Empoli x Verona, Genoa x Atalanta, Palermo x Cagliari e Parma x Fiorentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.