Lazio é punida por racismo da torcida

A Comissão Disciplinar da Federação Italiana de Futebol decidiu punir a Lazio por atos racistas de seus torcedores no fim de semana. A equipe perdeu o mando da partida contra o Bari, no próximo domingo, pela 28ª rodada. O local do confronto ainda não foi definido. O fato de não disputar o jogo em seu estádio pode complicar o time, que não pode mais perder pontos se quiser ainda lutar pelo scudetto.No domingo, durante o clássico entre Lazio e Roma, na capital italiana, os fanáticos da Lazio hostilizaram os atletas negros do time adversário e exibiram dois grandes cartazes chamando a Roma de "time de negros", fazendo referência a jogadores como os brasileiros Cafu, Aldair e o francês Jonathan Zebina.O fato não é novo na Itália. Em outras ocasiões, a Lazio já havia sido punida por atitudes racistas de sua torcida. O problema chegou até a aumentar nos últimos cinco anos. Irritado, o presidente do clube, Sergio Cragnotti, vem fazendo ameaças de realizar jogos com portões fechados em Roma, caso os torcedores não mudem o comportamento.Protesto - Hackers invadiram o site oficial do clube romano ontem para protestar contra a atitude racista. Segundo Fernando Giacco, responsável pelo site, os hackers devem ser torcedores do Corinthians. "Durante cinco minutos, nosso escudo foi modificado por um que reconhecemos ser do Corinthians", contou. "Com inscrições em português, os invasores defenderam os jogadores da Roma e chamaram os autores das faixas racistas no estádios de bastardos?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.