EFE/Alessandro Di Meo
EFE/Alessandro Di Meo

Lazio permite empate do Milan no final e deixa zona de classificação à Europa

Equipe termina rodada na sexta colocação, ultrapassada por Internazionale e Atalanta

O Estado de S.Paulo

13 Fevereiro 2017 | 20h06

O Milan não fez um "milagre" como na última quarta-feira, quando derrotou o Bologna com um gol no final e com dois jogadores a menos em campo, mas fez estragos ao marcar novamente um gols nos minutos derradeiros de uma partida. Nesta segunda, pelo encerramento da 24.ª rodada do Campeonato Italiano, no estádio Olímpico, em Roma, a Lazio derrotava a equipe de Milão por 1 a 0, mas sofreu o empate aos 40 do segundo tempo e, assim, deixou a zona de classificação às competições europeias da próxima temporada.

Agora com 44 pontos, a Lazio terminou a rodada na sexta colocação, permitindo a ultrapassagem de Internazionale e Atalanta, que chegaram a 45 no último domingo ao baterem Empoli e Palermo, respectivamente, e hoje estariam classificados à Liga Europa. O Milan, com 41, vem logo atrás e também segue na briga por uma vaga em torneios europeus que não conquista há algumas temporadas.

O jogo em Roma começou morno, com pouca ação no setor ofensivo das duas equipes. A Lazio era um pouco mais incisiva por atuar em casa, mas nada que ameaçasse a meta defendida por Donnarumma. Só no último lance antes do intervalo é que saiu o gol dos mandantes. O meia brasileiro Felipe Anderson cruzou da direita, Immobile recebeu e tentou driblar o goleiro, que acabou fazendo falta no atacante. Biglia foi para a cobrança e converteu, fazendo 1 a 0.

No segundo tempo, a Lazio continuou tendo as melhores chances e só não aumentou graças às defesas e à tranquilidade de Donnarumma. O Milan também buscava o ataque e conseguiu o empate, já aos 40 minutos, em um belo chute de Suso da entrada da área após assistência de Sosa.

Na próxima rodada, a 25.ª, a Lazio visita o Empoli neste sábado. Já o Milan faz duelo contra a Fiorentina no domingo, em Milão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.