Lazio: torcedores suspeitos são presos

A polícia italiana prendeu nesta terça-feira quatro torcedores da Lazio acusados de tentar assassinar o marroquino Kay Abelam, de 31 anos, com golpes de correntes e tacadas de beisebol, no final da semana passada. Segundo as autoridades locais, os suspeitos Simoni Belli, 19 anos, Mario Cascianelli, 23 anos, Stefano Celli, 28 anos, e Maurizio Vazzana, 29 anos, foram detidos enquanto a polícia continua em busca de um quinto suspeito.De acordo com fontes da polícia romana, todos os detidos fazem parte da facção ?Irredutíveis?, grupo de torcedores ultranacionalistas, e alegaram ter começado a ?briga? por causa de uma mulher. Os policiais, no entanto, estão convencidos de que se trata de uma ação racista. A vítima, gravemente ferida na cabeça, sofreu cirurgia para a retirada de um hematoma e permanece em estado de coma, correndo risco de morte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.