Lazio, Tottenham e Inter de Milão avançam às oitavas na Liga Europa

O principal eliminado foi o Lyon, que precisava vencer e ficou só no empate com o time inglês

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 17h17

ROMA - Três times mais tradicionais a entrarem em campo nesta segunda leva de jogos do dia na Liga Europa, o inglês Tottenham e os italianos Lazio e Inter de Milão garantiram classificação para as oitavas de final da competição. A principal equipe a cair foi o Lyon, exatamente diante dos londrinos.

Em Roma, a Lazio avançaria com um empate sem gols com o Borussia Mönchengladbach, uma vez que ficou no 2 a 2 na Alemanha. Por isso entrou em campo com um time misto nesta quinta-feira. Mesmo assim, venceu por 2 a 0. Candreva fez o primeiro e González marcou o segundo. O triunfo encerrou uma série de quatro jogos sem vencer dos italianos. Os alemães não vencem há seis partidas.

Na Romênia, a Inter de Milão também fez a sua parte. Depois de vencer por 2 a 0 na Itália, o time do técnico Stramaccioni fez 3 a 0 fora de casa. Guarín, duas vezes, e Benassi balançaram as redes.

No duelo mais equilibrado da rodada, o Lyon esteve classificado até os 45 minutos do primeiro tempo, graças a um gol de Gonalons. Mas o Tottenham marcou com o belga Dembélé, de fora da área, empatou em 1 a 1, e avançou, uma vez que havia vencido por 2 a 1 em Londres.

Time dos brasileiros Douglas (ex-Vasco) e Giuliano (ex-Inter), o Dnipro foi eliminado pelo suíço Basel depois de empate em 1 a 1 na Ucrânia, com dois gols de pênalti. No jogo de ida, o Basel havia vencido por 2 a 0.

Outro time ucraniano a cair foi o Metalist, de Fininho, Cleiton Xavier, Marlos, Jajá, Edmar e Willian. Com seis brasileiros, a equipe perdeu em casa para o Newcastle, por 1 a 0, e foi eliminada. O nigeriano Shola Ameobi marcou de pênalti. Por fim, o Stuttgart surpreendeu o Genk, na Bélgica, vencendo por 2 a 0 e avançando com um agregado de 3 a 0. Boka e Gentner balançaram as redes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.