LDU e Chivas tentam confirmar favoritismo na Libertadores

LDU e Chivas, os times que obtiveram os resultados mais elásticos nos jogos de ida das oitavas-de-final da Libertadores, jogam como favoritos nesta terça-feira, na Colômbia, para garantir a classificação entre os oito melhores times da competição. A LDU joga em Medellín contra o Atlético Nacional, a quem bateu por 4 a 0, em Quito. O técnico Carlos Navarrete acredita que a missão do time do Nacional é difícil, mas o "milagre" pode acontecer. "Nada é impossível para nosso time", disse. O colombiano Elkin Murillo, autor de dois gols do time equatoriano no jogo de ida, pediu respeito aos compatriotas. "É uma equipe muito boa", afirmou. A partida, às 20h15 (de Brasília), terá a arbitragem do brasileiro Salvio Fagundes Spínola. O vencedor desse duelo enfrenta o vencedor de Internacional x Nacional - os gaúchos ganharam o jogo de ida por 2 a 1, em Montevidéu. Às 22h45 (de Brasília), em Bogotá, o Independiente Santa Fe tenta reverter a derrota por 3 a 0 sofrida para o Chivas, em Guadalajara. O time colombiano admite que a missão mais difícil é combater o desânimo. "As partidas têm de ser jogadas", diz o técnico Ricardo Gareca, que vem sendo criticado por ter poupado seus principais jogadores para a Libertadores - no domingo, uma derrota por 3 a 1 em casa para o América de Cali deixou o Indepediente praticamente fora da luta pelo título do Torneio Apertura. O Chivas, por sua vez, tem de lidar com a ausência de seis titulares que estão concentrados com a seleção mexicana, em preparação para a Copa do Mundo. O chileno Ruben Selman apita o jogo. O canal a cabo Sportv anuncia a transmissão das duas partidas.

Agencia Estado,

02 Maio 2006 | 08h20

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.