Leandro deixa o São Paulo e vai para o futebol japonês

Atacante acertou sua transferência para o Verdy Tóquio US$ 2 milhões, cerca de R$ 3,5 milhões

11 de janeiro de 2008 | 22h03

O atacante Leandro não é mais jogador do São Paulo. Ele acertou nesta sexta-feira a sua transferência para o Verdy Tokyo, do Japão, e assinará um contrato de uma temporada - com prioridade de renovação por mais um ano. Veja também: Adriano impressiona em treinos e deve estrear logo Muricy Ramalho não teme perder jogadores no São Paulo Apesar de ter contrato com o São Paulo até dezembro, Leandro rendeu uma boa grana aos cofres do Morumbi: US$ 2 milhões (cerca de R$ 3,5 milhões). A diretoria são-paulina já havia avisado que liberaria qualquer atleta desde que o negócio fosse bom para as partes envolvidas. Pelo São Paulo, Leandro foi bicampeão brasileiro, disputou 116 jogos e marcou 16 gols. "Ele não é nem um atacante nem um meia, mas tem uma condição física excelente. E outra: ele se entrega em todos os jogos. Teremos de mudar nosso jeito de jogar sem ele", elogiou o técnico Muricy Ramalho. Leandro não deve ser o único a ir embora do Morumbi. Até segunda-feira, a situação do atacante Diego Tardelli será resolvida. Esse foi o prazo que o São Paulo deu ao Flamengo para fechar o negócio. O São Paulo pede US$ 1 milhão (R$ 1,7 milhão) para negociar Diego Tardelli. Caso não haja acordo com o Flamengo, ele deverá seguir para o Santos - é um dos pedidos feitos pelo técnico Emerson Leão.  "Eles (o Flamengo) queriam fazer de um jeito e eu disse que não, então pediram para esperar. Queremos pagamento à vista e 20% do valor em uma possível futura negociação", explicou o vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto Barros e Silva, ao comentar a negociação de Diego Tardelli. Sobre a proposta do Emirados Árabes por Aloísio, Muricy não se mostrou disposto a abrir mão do atacante, já que Adriano retornará para a Inter de Milão em julho e o São Paulo ficaria sem nenhum jogador para a posição. Além disso, o treinador avisou que não liberará os meias Hugo e Souza para o Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.