Leandro Euzébio se livra de suspensão e pode jogar semi

O zagueiro Leandro Euzébio saiu ileso do julgamento do TJD-RJ na tarde desta quinta-feira, no Rio, e está juridicamente livre para defender o Fluminense na semifinal da Taça Guanabara, no sábado, contra o Boavista, no Engenhão.

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2011 | 18h04

O zagueiro do Fluminense foi julgado por conta de um ato desleal praticado contra o técnico Waldemar Lemos no jogo em que o Flu venceu a Cobofriense por 4 a 2, pela quarta rodada da Taça Guanabara.

Na ocasião, Leandro chutou sobre o treinador uma bola que já havia pela lateral. Lemos se irritou, invadiu o gramado e partiu para tirar satisfações com o zagueiro, pelo qual acabou sendo expulso.

Leandro Euzébio recebeu apenas uma advertência do TJD-RJ, fugindo de uma punição de até três jogos. Ele ainda é dúvida contra o Boavista por conta da sua forma física.

O zagueiro passou por um tratamento intensivo nos últimos dias devido a uma entorse no tornozelo esquerdo. Nesta quinta-feira, mais cedo, voltou a campo nas Laranjeiras, atuando em parte do jogo-treino contra o time de juniores. Leandro não tem sua presença confirmada no sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.