Leandro Guerreiro celebra possível chance no Cruzeiro

Titular do Cruzeiro na vitória por 3 a 0 sobre o Estudiantes, na última rodada da primeira fase da Libertadores, o volante Leandro Guerreiro deve ter nova chance diante do Once Caldas, na Colômbia, nesta quarta, pela primeira partida das oitavas de final. Ele comemorou a possibilidade de se manter na equipe.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2011 | 16h10

"Mais uma vez pode surgir a oportunidade de jogar. Mais um jogo complicado, que encaramos como uma decisão e eu estou pronto. Quero jogar, ajudar os companheiros a fazer um bom jogo e, tomara a Deus, que possamos nos acertar e conseguir mais uma grande vitória fora de casa", declarou, em entrevista publicada nesta terça-feira pelo site oficial do Cruzeiro.

Guerreiro deve atuar como um terceiro zagueiro e Marquinhos Paraná como um ala pela direita, caso Vitor, recém-contratado, não entre no time titular na lateral. De acordo com o jogador, esta possível improvisação não mudará a maneira ofensiva de a equipe atuar.

"Todo time que o Cuca treina é dessa maneira, um time que joga com um toque de bola muito rápido, contra-ataque. Não tem como destacar um só quesito, porque todos estão sendo muito bons. O conjunto todo, a defesa que está muito boa, o ataque que faz muitos gols, o meio-campo que é bastante competitivo, sempre marcando e criando. Um time para ser bom e conseguir as vitórias tem que ser assim, do goleiro ao centroavante, todos se entregando para as vitórias virem", afirmou Leandro.

Melhor campanha da primeira fase da Libertadores, o Cruzeiro entra nas oitavas de final como um dos favoritos ao título. "Todo mundo está em cima do Cruzeiro, até para ver o que estamos fazendo, qual o esquema tático que o Cuca está aplicando, porque os nossos resultados são positivos, e quando isso acontece todos ficam de olho, principalmente para ganhar desse time, que é considerado um dos melhores", concluiu o volante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.