Leandro Guerreiro desfalca o Botafogo na Taça Guanabara

Volante sobre com dores no púbis e departamento médico o veta por 45 dias

08 de janeiro de 2008 | 19h11

O grande consolo do técnico do Botafogo, Cuca - que viu o elenco alvinegro se desintegrar no fim de 2007 com as saídas de Dodô, Joílson, Zé Roberto e Juninho - era poder contar com a espinha dorsal de seu meio-campo para a temporada 2008. No entanto, Cuca terá de encontrar um substituto para o incansável Leandro Guerreiro, que deverá ficar afastado dos gramados pelo menos por 45 dias devido a uma lesão no púbis."Eu comecei a sentir as dores do meio para o fim do Campeonato Brasileiro, mas jogava no sacrifício", conta Guerreiro. "Depois de cada partida eu mal conseguia andar. Para entrar em campo, eu tomava injeção para diminuir as dores". A importância do voluntarioso volante para o Botafogo foi enorme. Nas 11 partidas em que o jogador não atuou em toda a temporada, o time conquistou 45% dos pontos em disputa. Com ele em campo, o rendimento sobe para 58%.Guerreiro perderá toda a Taça Guanabara. "Fico triste de perder toda a preparação que está sendo feita durante a pré-temporada, mas é melhor voltar quando estiver 100%".

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogoEstadual do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.