Leão antecipa volta ao Brasil

O técnico Emerson Leão resolveu antecipar a volta para o Brasil e chegará quarta-feira em São Paulo, depois de 12 dias na Europa, em companhia do coordenador-técnico Antonio Lopes. Os dois viajaram para manter contato com treinadores de clubes espanhóis, franceses e italianos que têm jogadores na seleção. Deveriam regressar apenas no dia 15.A antecipação pode ser atribuída ao excesso de críticas que a dupla recebeu após a derrota para o Equador, no final de março, em Quito.Com isso, a convocação para a partida contra o Peru, dia 24, no Morumbi, deveria, a princípio, ser divulgada amanhã, por meio de fax. Foi adiada e deve ser feita possivelmente na quarta, por intermédio de Leão ou Lopes.A assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou que Leão e Lopes decidiram voltar antes do prazo previsto para passar o feriado da Semana Santa com a família. Eles abriram mão de assistir ao jogo Lyon x PSG, na França, no dia 14, que constava da programação da viagem.Depois do vexame em Quito, Leão e Lopes seguiram para La Coruña, Barcelona e Madri, onde presenciaram os jogos entre La Coruña x Vila Real e Barcelona x Liverpool. Leão fez elogios a Djalminha, que pode estar na lista para a partida com o Peru. Os dois foram em seguida para a Itália, onde assistiram no fim de semana ao clássico Nápoli x Milan, e tinham a intenção de permanecer no país até a reapresentação do atacante e Ronaldo a Internazionale de Milão, o que deve acontecer na quinta-feira.No Rio, antes do jogo com o Equador, Leão e Lopes disseram que um dos principais objetivos da viagem à Europa era o de observar treinos de Ronaldo na Inter. Estavam mal informados. O jogador só deixou o Brasil ontem: ficou os ultimos dias no Rio realizando sessões de fisioterapia e esperando as comemorações do aniversário de 1 ano de seu filho Ronald.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.