Leão avisa que Gamarra está gordo

Quando o atacante Luizão chegou ao São Paulo, Leão divertiu os jornalistas ao chamá-lo de ?quero-quero?, pássaro que faz seu ninho nos campos do CT e que tem a perna fina e a barriga grande. Nesta sexta-feira, agora no Palmeiras, mais um jogador foi vítima das brincadeiras do treinador. Gamarra passou por maus bocados durante o treinamento da manhã. Ele teve de levantar a camisa para que o chefe ?conferisse? seu preparo físico. Foi reprovado e ainda chamado por Leão de barrigudo."Não é novidade para ninguém que o Gamarra está com uma barriga grande. Por isso, ele passou a atuar na sobra dos outros dois outros zagueiros e seguirá assim até recuperar seu peso ideal", disse Leão.Gamarra admitiu estar com dois quilos acima do peso. Mas garante que supera o problema em campo com seu bom senso de posicionamento. Tanto que, contra o Figueirense, ele foi um dos melhores da equipe. "Tenho dificuldades para perder peso rapidamente e estou com dois quilos acima do meu normal. Precisarei de uns dez dias pelo menos para entrar em forma", pediu o zagueiro paraguaio.Gamarra levou tudo numa boa. Sorriu com a gozação, sem perder o rebolado. E ainda defendeu o estilo Leão de comandar o Palmeiras. "Ele não é tudo o que falam por aí. É, de fato, disciplinador, mas a equipe estava mesmo precisando de um pouco mais de disciplina e ordem. Para quem trabalhou na Europa (o paraguaio veio da Inter de Milão), é fácil se acostumar com o Leão. Lá, os técnicos falam pouco e não dão uma única risada sequer", contou.Sobre as mudanças impostas por Leão na Academia, o zagueiro conta que o elenco sentiu apenas o novo horário do treino da manhã, que era às 10 horas e passou para as 8h30. "Mas para mim, que sou mais velho que os outros, isso não muda muito. Velho não dorme mesmo", brincou Gamarra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.