Leão convence Léo a ficar no Santos

Depois de acertar com Leão, o Santos está perto de conseguir manter Léo, cujo contrato termina no dia 31, por mais um ano na Vila Belmiro. A notícia foi dada por telefone pelo técnico aos dirigentes, nesta terça-feira cedo. Leão conversou com o lateral-esquerdo na noite de segunda-feira e deixou quase acertada a assinatura do novo contrato, o que deve acontecer no início da semana que vem. Léo ganha R$ 70 mil mensais e deve renovar nas mesmas bases, mas com premiações especiais por objetivos atingidos pelo time no Campeonato Paulista e Copa Libertadores da América.Como Léo ficaria com passe livre no encerramento do contrato e tinha uma boa proposta do futebol turco, a sua permanência no grupo era considerada difícil. Nos últimos dias, o gerente de futebol Ilton José da Costa tentou, sem sucesso, marcar uma reunião com Ico Martins, procurador do lateral-esquerdo, e já demonstrava pessimismo. Porém, logo depois de renovar contrato, Leão entrou no circuito e praticamente assegurou o acordo com o jogador.Agora a preocupação dos santistas passa a ser a contratação de um centroavante para substituir Alberto, que deve mesmo aceitar os US$ 500 mil de luvas e ordenados mensais de US$ 35 mil que o Spartak, de Moscou, está lhe oferecendo por um contrato de três anos.Na Vila Belmiro, ganha força o nome do veterano Evair, que pode acrescentar experiência ao jovem time de Diego e Robinho. Mas Leão já adiantou que também quer um centroavante alto e que jogue bem adiantado. O Santos nega que tenha oferecido Fábio Costa, Robert e mais um jogador em formação para a Portuguesa de Desportos em troca de Bosco e Ricardo Oliveira. "Dentro de poucos dias Robert se torna dono do passe e não aceitaria ser incluído numa permuta e Ricardo Oliveira é um jogador que custaria em torno de US$ 5 milhões, uma importância impensável para qualquer clube brasileiro", explicou o diretor de futebol, Francisco Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.