Leão corta Fábio Costa da concentração do Santos

Goleiro é afastado por causar problemas à comissão técnica; reunião nesta quinta tenta acalmar o clima

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

30 de janeiro de 2008 | 23h00

Fábio Costa discutiu com um membro da comissão técnica do Santos (o auxiliar Pedro Santilli) no Recanto dos Alvinegros, no começo da tarde desta quarta-feira, e foi cortado da concentração por Leão. Dificilmente o goleiro enfrentará o Barueri, na Vila Belmiro, embora tenha conseguido marcar, através do presidente Marcelo Teixeira, uma reunião com o técnico para a tarde desta quinta. Caso ele não jogue, deve atuar o reservar Felipe. Veja também:  Santos volta a apostar na garotada contra o Barueri De acordo com uma fonte, nos últimos dias Fábio Costa tem criado inúmeros problemas para a comissão, discutindo e até ameaçando usar de truculência. Ao tomar conhecimento da decisão de Leão, o presidente santista mandou colocar no site oficial do clube uma nota de esclarecimento, dizendo que o treinador sentiu o goleiro irritado e o aconselhou a passar a noite com a família, além de confirmar a reunião marcada para esta quinta. Na véspera do jogo contra o Juventus, Fábio Costa, irritado com a divulgação de uma notícia de que ele voltou das férias oito quilos acima do peso, se recusou a descer para almoçar e jantar. A nutricionista procurou orientá-lo e o goleiro desligou o telefone, recusando-se a conversar com ela. Em seguida, ele se justificou com o técnico, afirmando que havia se alimentado com frutas. Internamente, Fábio Costa tem dito em tom ameaçador que quer descobrir quem divulgou o seu peso "para dar porradas". O clima piorou com a entrevista que Fábio Costa deu, ao sair de campo após a derrota do Santos contra o Juventus, em Santo André, dizendo, inclusive, que faltava homem no time. Depois se desculpou com Leão, mas não escapou de uma bronca. E nesta quarta uma discussão com um dos membros da comissão técnica foi a gota d'água para Leão. Procurado para falar sobre a situação do goleiro, o técnico não atendeu o celular.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFábio Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.