Leão diz que liberou Lucas para o melhor do São Paulo

Meio-campista, que participou do carnaval de Salvador não participou de treinamento com elenco

DANIEL BATISTA, Agência Estado

21 de fevereiro de 2012 | 21h21

SÃO PAULO - O técnico Emerson Leão fez questão de explicar o motivo da liberação do meia Lucas do treinamento matinal do São Paulo da última segunda-feira. Ele chegou pela manhã de Salvador, onde participou de alguns eventos ligados a seus patrocinadores no carnaval. Segundo o treinador, o jogador foi dispensado da atividade e teve que ir treinar só à tarde para não se desgastar à toa.

"O Lucas chegou e me disse que não conseguiu dormir porque tinha chegado de manhã da Bahia. Falei para ele ir tomar café e ir dormir na concentração. No almoço o encontrei e perguntei se ele estava melhor. À tarde ele fez um trabalho de transpiração", disse o treinador.

Leão ainda explicou que muitas vezes é necessário o treinador saber a hora certa de mandar o jogador treinar. "O treinador tem que ter a percepção de quanto o treino tem que ser mais forte. Aprendi com o Coutinho (Cláudio Coutinho, ex-técnico da seleção brasileira). Ele falava que tinha horas que o melhor treinamento era o ''Pijama training''. Foi o que fizemos com o Lucas. Deixamos o menino descansar", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.