Felipe Oliveira Agif/AE
Felipe Oliveira Agif/AE

Leão e jogadores do Goiás são indiciados por agressão

Técnico e atletas podem pegar até 2 anos de pena por confusão com radialista baiano após empate por 2 a 2 com o Vitória

AE, Agência Estado

22 de julho de 2010 | 11h52

O técnico Emerson Leão e os jogadores Marcão, Rafael Moura e Romerito foram indiciados e serão julgados em processo criminal pelo crime de agressão corporal leve ao radialista Roque Santos. Os atletas e o treinador do Goiás se envolveram em confusão após o empate da equipe por 2 a 2 com o Vitória, na noite de quarta-feira, no Estádio do Barradão, em Salvador, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também:

forumBLOG BATE-PRONTO - Leão, um encrenqueiro decadente

Leão e os jogadores prestaram depoimento na 10ª DP (delegacia de Pau da Lima, em Salvador) e depois seguiram para o Instituto Médico Legal (IML) para serem identificados. Os quatro alegaram que foram agredidos pelo jornalista, que também foi levado ao IML para realizar exame de corpo de delito.

De acordo com o delegado Pedro Andrade, a agressão foi considerada leve e por isso não houve prisão. A pena prevista é de até dois anos e poderá ser cumprida com pena alternativa, como prestação de serviços. O jornalista também poderá pedir indenização por danos morais.

A confusão começou após o apito final do árbitro carioca Péricles Pegado Cortez. Leão foi falar com o juiz e o repórter acompanhou o treinador, tentando captar o áudio da conversa com o microfone. O técnico empurrou, então, o radialista, que fez menção de revidar. A comissão técnica e jogadores do Goiás tiraram Leão do local, mas depois Rafael Moura correu atrás de Santos e, por trás, deu um soco no radialista, que foi derrubado. Romerito e Marcão, teriam aproveitado para também agredir Santos, dando chutes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.