Leão exige punição para André Luís

O técnico Emerson Leão pediu à diretoria do Santos que aplique uma punição ao zagueiro André Luís pela forma com que o jogador foi expulso na partida de sábado, na vitória diante do Paraná por 2 a 1, em Curitiba. ?Ele foi irresponsável?, disse o treinador, neste domingo. ?O André é merecedor de uma punição.? Aos 27 minutos do segundo tempo, André Luís agrediu Marquinhos após mandar a bola para escanteio. Mostrou destempero emocional, já que o lance estava definido e não apresentava perigo ao gol de Fábio Costa. ?Passei o problema ao diretor do clube presente a Curitiba, o Francisco Lopes, e agora espero que eles punam o atleta.? Depois da expulsão de André Luís, o Paraná se animou e partiu para cima dos santistas. Os paranaenses criaram várias chances de gol e só não empataram por falta de sorte. Com relação ainda à vitória na capital paranaense, que rendeu ao Santos a mesma pontuação (48) do líder Cruzeiro (perde no saldo de gols, 21 a 19), Leão mostrou-se satisfeito. ?Tivemos outras oportunidades para alcançar o Cruzeiro e não aproveitamos, mas agora conseguimos", alegrou-se. ?O trabalho, daqui em diante, é de manutenção.? O próximo compromisso do Santos pelo Campeonato Brasileiro será sábado que vem, contra o Figueirense, em Florianópolis. Antes, porém, o time joga quarta-feira, diante do Internacional (RS), na Vila Belmiro, em sua estréia na Copa Sul-Americana. Para enfrentar o Inter, Leão poderá contar com todos os titulares, inclusive o zagueiro André Luís (que cumprirá suspensão automática na partida de sábado, somente). E contra o Figueirense o desfalque não se limita apenas a André Luís. Vão cumprir suspensão por cartões amarelos o lateral-esquerdo Léo, o volante Paulo Almeida, e o meia Jerri. Em compensação, Leão terá à disposição Robinho, Nenê e Júlio César, que não atuaram contra o Paraná. Os dois primeiros suspensos por cartões e o terceiro foi expulso no jogo anterior, contra o Atlético Mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.