Leão muda Santos para enfrentar Inter

O Santos não terá Léo, André Luís, Paulo Almeida e Jerri, todos suspensos, no próximo jogo pelo Brasileiro, contra o Figueirense.Por conta disso, o técnico Leão resolveu mudar o time já para a partida de quarta-feira contra o Internacional de Porto Alegre, na Vila Belmiro, pela Copa Sul-Americana. Além de substituir os jogadores suspensos, o treinador optou por dar uma folga para o meia Diego, que nem chegou a participar do coletivo. "O Diego deve fazer esta semana um pequeno reforço de treinamento", explicou Leão, que tem outros objetivos também: "é preciso dar uma tranqüilidade na cabeça dele e diminuir a quantidade de coisa em sua volta". O treinador confirmou que o meia jogará sábado. "O Diego foi poupado, mas outros também foram", disse o técnico, que fez um reparo: "com isso esperamos que o Diego tenha um rendimento maior e uma postura dentro de campo um pouquinho diferente adotada por ele de uns jogos para cá". Nessa observação, incluiu Paulo Almeida: "nós queremos que eles tenham um acréscimo de comportamento ofensivo". Desde que voltaram da Seleção, os dois atletas têm jogado mais recuados, o que não agrada ao treinador.Mudança - O começo do coletivo de hoje à tarde no CT Rei Pelé mostrou que Leão procurava um time diferente para o jogo de quarta, contra o Inter de Porto Alegre. Ele deixou de lado os jogadores que cumprirão suspensão no sábado e escalou o lateral-direito Neném no seu primeiro trabalho com o grupo. Rubens Cardoso substituiu o suspenso Léo e Pereira formou a dupla de zaga com Alex, enquanto Alexandre assumiu o lugar de Paulo Almeida. Na meia, Nenê começou jogando ao lado de Elano. Como Robinho cumpriu suspensão automática, foi escalado, sendo mantido o novato Val Baiano no comando do ataque. Leão não gostou muito do resultado e fez várias trocas no segundo empo do treino. Tirou Pereira e colocou Preto na zaga, o lateral-direito Reginaldo Araújo voltou ao time principal e Nenê foi substituído por Fabiano. O desempenho foi melhor e voltará a ser testado no treino marcado para amanhã à tarde. Leão procurou não falar nos problemas disciplinares, mas admitiu que o zagueiro André Luís será punido pela diretoria. Informou que a punição é um ato administrativo e que será tratado internamente pelo clube. Nenê - Os comentários sobre a transferência do atacante Nenê para o espanhol Mallorca aumentaram hoje no CT Rei Pelé, mas o jogador voltou a desmentir que a negociação já está concluída. "Eles estão conversando, mas só quero ter a cabeça no jogo contra o Internacional", disse ele. Leão revelou que desconhecia essas negociações e entende que "não é o ideal ter esse tipo de especulação", mas considera isso uma rotina no futebol brasileiro. E avisou: "O Santos não é refém de nenhum jogador e de nenhum empresário".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.