Leão: "Reinaldo foi o melhor em campo"

Bastante aplaudido no final do jogo, Leão tinha muitos elogios ao Palmeiras, principalmente a um jovem jogador. "Reinaldo foi o melhor em campo. O grande destaque, tem uma dinâmica gostosa de assistir. Sabe desarmar, passar e driblar. Tem muito gás, só precisa dosar um pouco. Alguém me perguntou se ele pode ser o novo Magrão e eu digo que sim", avisou o técnico, após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG.Reinaldo agradeceu a Leão e se lembrou de Bonamigo. "Um me tirou do time B e o outro me colocou como titular. Só preciso corresponder a eles", disse o volante.Para Leão, o Palmeiras deste domingo foi melhor do que o que goleou o Figueirense por 4 a 1, na última quarta-feira, quando ele estreou no cargo. "Marcamos e tivemos um melhor posicionamento tático, além de um acréscimo de rendimento coletivo. O time melhorou com a entrada do Washington porque o Cristian estava muito longe da área. Precisava de mais presença ofensiva e ele deu conta", explicou o técnico.O volante Marcinho Guerreiro, que voltou a ser titular com o novo técnico, vê um bom futuro para o time. " O Palmeiras está ganhando a cara do Leão. Vamos conseguir muitas vitórias mais", garantiu. E ele já promete toda dedicação em campo. "Meu estilo é esse. Eu marco para liberar o outro volante e os meias. Vou dar minha vida em campo pelo Palmeiras, porque a torcida merece. Eu errei algumas vezes e a torcida pegou no meu pé, mas continuei treinando e tive chance contra o Figueirense e vou continuar lutando muito."Sérgio também tinha uma promessa para a torcida. "O Leão me deixou como capitão do time e isso é uma grande honra. Tenho de fazer tudo para merecer essa confiança que recebi. Quanto ao time, vamos assimilar os pedidos do treinador e levar o Palmeiras longe", afirmou o goleiro.O Palmeiras volta a jogar na quinta-feira, contra o Flamengo, no Rio. Leão poderá contar com Baiano e e Juninho Paulista, que cumpriram suspensão disciplinar. A preocupação é com o zagueiro Nen, que foi substituído após uma trombada com Luis Mário. Ele fará ressonância magnética nesta segunda-feira. "Doeu muito, cheguei a desmaiar na hora", contou Nen. O médico Aldo Guida revelou que foi uma contusão, mas que precisa ter certeza de que não ocorreu algo mais grave.Outro lado - No Atlético-MG, o técnico Tite estava muito revoltado com o que chama de "descritério" do árbitro. "Não sou cordeirinho, não abaixo a minha cabeça. Sou a porta-voz do Atlético e o Atlético foi desrespeitado. Só apitou contra a gente, o tempo todo. Nós temos de ser respeitados dentro e fora de casa. Não pode ser assim", protestou.Ele cumprimenta o adversário pela vitória, mas não poupa a arbitragem. "Méritos para o Palmeiras que jogou bem, mas fomos prejudicados sim. O Pedrinho fez um corta-luz, caiu e o juiz deu falta. O Fábio Baiano matou uma bola no ombro e puxou o contra-ataque e ele deu falta. Não dá. Isso prejudica o moral do time para o jogo contra o São Paulo", disse Tite, ameaçado de demissão no clube mineiro.Como consolo para Tite, a atuação do time neste domingo. "O que me agrada é que eles estão rendendo bem e vamos reagir. Lancei o Rafael, um garoto novo, e estamos fazendo um grupo forte para a seqüência do campeonato."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.