Leão terá o Santos completo em Curitiba

O técnico Emerson Leão ganhará nesta segunda-feira alguns problemas para escalar a equipe do Santos para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, marcado para quarta-feira, em Curitiba, diante do Atlético Paranaense. Na verdade, são problemas que todo o treinador gostaria de ter: o de excesso de talentos. Os jogadores que serviram a seleção sub-23 se apresentam no período da tarde no CT Rei Pelé e se reintegram ao elenco, ficando à disposição do treinador. Além de Alex, Paulo Almeida, Diego e Robinho, Leão poderá contar também nessa partida com Fábio Costa e Fabiano, pois a punição de quatro partidas de suspensão se encerrou no sábado. O Santos superou uma fase complicada que durou exatamente um mês. Leão sofreu para escalar a equipe, pois além dos desfalques de jogadores emprestados às seleções sub-23 e sub-20, ainda teve atletas suspensos por indisciplina. Em várias partidas não contava nem com um banco de reservas completo. Se virou do jeito que deu. "Dirigir o Real Madri é fácil, eles têm muito dinheiro para gastar. Aqui a gente tem de formar os jogadores." E o time não decepcionou. Disputou oito compromissos e obteve cinco vitórias. Empatou dois jogos e perdeu somente um. Manteve-se entre os primeiros colocados na tabela de classificação.Leão reconheceu que vários atletas utilizados têm condições de permanecer no time, e citou o goleiro Júlio Sérgio e Rubens Cardoso, além de Nenê e Jerri, entre outros. "Isso é muito bom, sei que posso contar com vários jogadores." Ainda sobre o jogo de sábado, quando o time venceu o Vasco, por 2 a 1, Leão fez questão de ressaltar a boa participação do volante Daniel, autor do gol da vitória. "O empenho dele foi fundamental, é um menino que se esforça demais", explicou. "Ele perde até três quilos em um jogo." Com relação a Ricardo Oliveira, Leão afirmou que existe a possibilidade do centroavante deixar o Santos em breve. "Só depende de uma boa proposta. Se vier uma boa soma em dinheiro e o presidente (Marcelo Teixeira) achar suficiente, ele sairá."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.