Leão vai observar clubes paulistas

Jogadores que disputam o Campeonato Paulista, atenção! Neste fim de semana, o técnico da seleção brasileira, Leão, pretende observar jogos das equipes que disputam o Estadual. O treinador, que desembarcou nesta sexta-feira na Capital depois dos amistosos contra os Estados Unidos e o México, disse ainda que a seleção está aberta para novas experiências e quer observar atletas.O treinador não disse quais partidas do Paulista deverá acompanhar entre sábado e domingo. "Como fiquei uma semana fora, preciso me atualizar sobre o que aconteceu nesse período", explicou. Mesmo com o desempenho apenas regular da seleção nas duas partidas que disputou no exterior, o técnico garantiu que está próximo do time ideal para disputar as Eliminatórias da Copa de 2002. Segundo ele, do grupo que retornou do México, entre 70% e 80% dos jogadores deverão ser escalados novamente nos jogos mais importantes. A parcela restante pode ser preenchida por atletas que ainda não tiveram uma oportunidade sob seu comando.Certeza para o treinador no que diz respeito à escalação para a próxima partida, a presença de Romário, para quem só tem elogios, e a dupla de zaga. "Para o jogo contra o Equador, salvo se houver algum imprevisto, a base deve ser Lúcio e Roque Júnior.", afirmou Leão.Entre os jogadores que desembarcaram em São Paulo, o mais assediado foi Ronaldinho Gaúcho, que viajou para Porto Alegre decidido a resolver seu futuro. O motivo da pressa, o próprio jogador explica. "Quero estar em uma boa equipe para poder jogar com regularidade e, com isso, manter minhas chances de ser convocado para a seleção."Sobre a atuação da seleção, o jogador acredita que será necessário um tempo maior para o grupo melhorar o desempenho. "Estamos tentando nos adaptar a um novo jeito de jogar", disse o atacante, lembrando que Leão tem trabalhado para fazer com que o time jogue mais ofensivamente. Outro apressado foi o meia Robert, que foi direto para Santos. Pretendia participar do coletivo da equipe de Geninho à tarde.O volante Vampeta vai aproveitar a folga no calendário do Campeonato Francês para passar alguns dias em São Paulo. O jogador voltou animado com as mudanças promovidas por Leão na seleção. "Ele tem dado mais liberdade para os jogadores atuarem ofensivamente", avaliou o jogador. Segundo ele, a equipe deve melhorar o desempenho a partir do momento em que a equipe tiver mais tempo para treinar. "Falta entrosamento."Para o meia Juninho Paulista, o melhor de todo o trabalho realizado no exterior foi o tempo que a equipe teve para jogar junto, o que é raro em termos de seleção brasileira onde "o entrosamento nunca é o ideal". O goleiro Rogério chegou disposto a comemorar o título de campeão do Torneio Rio-São Paulo conquistado por sua equipe enquanto estava no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.