Leão veta chuteira laranja de Robinho

Robinho não vai mais poder usar as chuteiras cor de laranja. Ordem do técnico Emerson Leão. Nesta segunda-feira, o treinador revelou que tem restrição a esse tipo de coisa e seu veto é para o bem do jovem atleta. ?Tenho restrição ao excesso de coisas que estão impondo aos nossos jogadores.? Em sua opinião, Robinho ainda não está preparado para uma situação dessas. ?Se ele errar dois gols usando chuteira laranja diante de 25 mil pessoas na Vila Belmiro, vão dizer que ele está mascarado, está metido, e o Robinho não está suficientemente maduro para comprar certas brigas.? Leão não vai permitir que haja interferência em seu trabalho e acha que Robinho pode ir para o banco se insistir nessa história de usar chuteira cor de laranja. ?O contrato dele não diz que ele tem de ser titular e eu não vou prejudicar o rapaz.? E o treinador concluiu. ?Sou um empregado deles, só que sou um empregado que toma conta.? Nesta segunda-feira, Leão definiu o time que vai enfrentar nesta quarta-feira o Paysandu, em Belém. Com a suspensão de Nenê, ele promoverá o retorno de Michel à lateral-direita e de Elano à meia. Com isso, seu time não mudará taticamente a maneira de jogar, já que essa era a formação usada até o jogo contra o Atlético-MG. Leão acha que o time mostrou evolução na partida contra o clube mineiro e que a derrota do Paysandu para o Vitória em casa pode abrir espaços para o Santos ganhar o primeiro jogo no Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.