Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Leco confirma interesse do Cruzeiro em Lucas Pratto, mas descarta negociação

Presidente diz ter sido consultado por dirigente do time mineiro durante conversas sobre a situação de Hudson

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2017 | 13h53

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, descartou qualquer possibilidade de que o time negocie seu centroavante, Lucas Pratto. O mandatário tricolor foi enfático ao negar qualquer chance de venda do argentino, mas confirmou que foi consultado sobre um eventual negócio com o Cruzeiro.

+ Raí se diz ciente dos 'riscos' e promete fazer São Paulo reencontrar identidade

"O São Paulo não está negociando e nem vai negociar o Lucas Pratto", disse Leco, antes da apresentação de Raí como novo diretor executivo de futebol do clube, nesta sexta, no CT da Barra Funda. "Essa possibilidade jamais foi sequer cogitada." 

Leco citou uma conversa com a diretoria do Cruzeiro, em que teria sido consultado sobre uma possível negociação de Pratto. Durante a semana, o encontro foi apontado como um dos motivos para a saída da Vinicius Pinotti do posto de diretor executivo do clube, que teria ficado descontente por não participar da conversa sobre uma possível transferência do argentino.

"O que houve foi que, durante uma conversa com dirigente do Cruzeiro, em que conversávamos sobre Hudson (atleta são-paulino que atua emprestado ao time mineiro), me perguntaram sobre a possibilidade de negociar Pratto, e eu falei que não."

Pratto tem contrato com o São Paulo até 2020. Na quinta, em entrevista a uma emissora de Buenos Aires, Pratto disse que sair do time tricolor seria uma falta de respeito por causa de seu vínculo. Ele também estava na mira do River Plate, de seu paí. "Sempre me deixa com tranquilidade que as equipes grandes me queiram. Jogar em uma equipe tão grande e com tanta história é tentador, ainda mais com uma comissão técnica tão ganhadora. Seduz, mas tenho contrato com o São Paulo e seria uma falta de respeito."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.