Lehmann, agora, quer a camisa 1 da Alemanha na Copa

Para fechar uma semana histórica na sua carreira, o goleiro do Arsenal, de Londres, e agora titular da seleção alemã de Jürgen Klinsmann, Jens Lehmann, disse que quer tomar o número 1 da camisa de Oliver Kahn durante a Copa do Mundo, que começa daqui a 42 dias. Depois de defender o pênalti de Riquelme e de receber elogios da imprensa alemã e britânica, Lehmann declarou nesta sexta-feira ao jornal Bild que vai pedir a Klinsmann o número 1."Eu quero ainda falar com Klinsmann a respeito disso. Agora, eu jogo melhor com a 1 do que com a 9. Aliás, escolhi este número porque os outros estavam todos ocupados", revela o goleiro. Sobre se a decisão de Klinsmann, que o definiu como titular para a Copa, foi correta, Lehmann acredita que ainda há um longo caminho. "Preciso provar isso no Mundial. O que importa para mim agora é o Arsenal. No momento, tudo corre da melhor maneira possível para mim", atestou.Do outro lado, Kahn, que se prepara para disputar neste sábado a final da Copa da Alemanha entre Bayern de Munique e Frankfurt, reconheceu o mérito de Lehmann na defesa do pênalti batido por Riquelme. "Quase não vi o jogo. Mas mesmo assim, parabéns a Lehmann", declarou o goleiro do Bayern, que pode garantir o primeiro título do ano. A boa fase de Lehmann não trouxe só decepção para Kahn. O goleiro deve disputar o jogo-treino da seleção alemã contra o FSV Luckenwalde, da liga amadora de Mannheim, em 16 de maio. Lehmann não estará no grupo alemão porque encara, no dia seguinte, o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho pela final da Liga dos Campeões em Paris.

Agencia Estado,

28 de abril de 2006 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.