Lei do Passe: Romário propõe cartilha

O atacante vascaíno Romário propôs a elaboração de uma cartilha explicativa para deixar os jogadores informados sobre as mudanças na regulamentação do passe que passam a valer a partir do dia 26. Ele afirmou, em sua passagem por São Paulo para participar do 8º aniversário do programa Cartão Verde, da TV Cultura, que a maioria dos jogadores não sabe exatamente o que está acontecendo. "Falta informação entre os atletas sobre tudo o que está acontecendo", disse.Essa opinião encontrou respaldo entre outras estrelas do futebol. O meia Juninho Paulista, também do Vasco, sugeriu uma campanha de conscientização. Mas reconhece que, a seis dias do início da nova regulamentação, nada de muito significativo deve acontecer. "Os sindicatos de jogadores nunca fazem nada e os próprios atletas não demonstram interesse em se informar mais a respeito", analisou.Para o goleiro da Portuguesa, Carlos Germano, é difícil dizer se a nova proposta vai melhorar a vida dos atletas. O risco de haver novas modificações no texto original é, segundo ele, ainda uma ameaça. "No Brasil a gente nunca sabe se as coisas realmente vão acontecer conforme estava previsto no início", observou. O meia Juninho Pernambucano, que recorreu à Justiça para conseguir seu passe, preso ao Vasco, é claro. "Temos de brigar por nossos direitos e não temos de temer nenhum tipo de represália", afirmou, referindo-se à possibilidade de os membros do Clube dos 13 unirem-se para fechar o mercado dos atletas que "falam demais."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.