Nick Potts/AP
Nick Potts/AP

Leicester bate Chelsea e fatura a Copa da Inglaterra diante de 21 mil torcedores

Cinco anos após brilhar e erguer a taça do Campeonato Inglês, time agora comemora a conquista do torneio mais antigo do mundo

Redação, Estadão Conteúdo

15 de maio de 2021 | 16h08

O Leicester é o grande campeão da Copa da Inglaterra. Num sábado histórico no lendário Wembley, que marcou o retorno do público aos estádios ingleses, ganhou por 1 a 0 do Chelsea diante de 21 mil torcedores. Cinco anos após brilhar e erguer a taça do Campeonato Inglês, agora comemora pela primeira vez a conquista do torneio mais antigo do mundo.

O gol da decisão 140 da história da Copa da Inglaterra veio num chute forte de fora da área. Depois de um primeiro tempo equilibrado e sem gols, Tielemans definiu para os Foxes. O dinamarquês acertou o ângulo de Kepa, que nada pôde fazer.

Depois de sair atrás, o Chelsea pressionou muito atrás do empate. Em cabeçada de Chilwell, Schmeichel espalmou e a bola ainda carimbou na trave. No minuto final do tempo regulamentar, até fez o gol de empate. Mas o VAR impugnou o lance, anotando impedimento de Chilwell na jogada que terminou com desvio contra.

Apesar de comemorar bastante o empate, o Chelsea acabou vendo o lance impugnado e, num dia no qual deveu futebol, viu a merecida e linda festa do pequeno clube do noroeste de Londres. Ganhou a final quem mais mereceu.

A perda do título serve de aviso aos comandados de Thomas Tuchel, que daqui duas semanas fazem nova decisão, desta vez da Liga dos Campeões diante do Manchester City. Será necessário jogar mais bola.

A conquista premia uma bela temporada do Leicester, que além da vitoriosa campanha da Copa da Inglaterra, ainda figura no terceiro lugar do Campeonato Inglês, graças ao ótimo trabalho do técnico Brendan Rogers.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.