Cesar Grecco / FotoArena
Cesar Grecco / FotoArena

Leila Pereira descarta possibilidade de Crefisa patrocinar o Vasco

Conselheira do Palmeiras diz que nunca se reuniu com alguém do clube

O Estado de S. Paulo

27 de março de 2017 | 13h38

Após rumores de que a Crefisa poderia se tornar a nova patrocinadora do Vasco após encontro de Leila Pereira com membros da chapa de oposição a Eurico Miranda no Allianz Parque, a conselheira do Palmeiras negou, em nota oficial divulgada nesta segunda-feira, qualquer negociação com o clube carioca.

"Jamais conversei ou me reuni com qualquer pessoa ligada a política do Vasco da Gama, clube de coração do meu pai e meus irmãos", afirmou. E completou: "Jamais me envolveria na situação política do clube pelo enorme respeito que tenho a instituição Vasco da Gama".

Leila ainda reafirmou que todos os recursos de patrocínio da Crefisa são destinados para o Palmeiras. "Como amante do futebol torço para que os grandes clubes do país possam ter patrocinadores fortes que valorizam ainda mais o esporte de preferência do brasileiro. Atualmente, nossos recursos estão direcionados a Sociedade Esportiva Palmeiras, clube pelo qual eu e meu marido somos conselheiros", finalizou.

O vínculo entre a Crefisa e o Palmeiras começou em 2015, com investimento de R$ 66 milhões por ano, e foi renovado em fevereiro. O último acordo prevê o repasse de R$ 72 milhões neste ano e outros R$ 78 milhões em 2018, além de bônus por títulos e metas ousadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.