Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
AFP
AFP

Lenda da Roma, Totti quer 'destruir' em provável último clássico contra a Lazio

Meia de 40 anos está em final de contrato

O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2017 | 14h02

Lenda da Roma, Francesco Totti quer "destruir" em sua provável última participação em um clássico contra a Lazio, no próximo domingo, pelo Campeonato Italiano. O dérbi no Estádio Olímpico da capital nacional é o último antes do fim do contrato do atleta de 40 anos com o time romano.

"(O clássico contra Lazio) é diferente de todos os outros", disse Totti, nesta quinta-feira. "É um time que faz você querer destruir em campo, com todo o respeito". Para o camisa 10, a importância histórica do jogo torna cada clássico ainda mais especial. "Pela cidade e pela torcida, a gente sempre se entrega '101%'", destacou.

O jogo do próximo domingo é decisivo para a definição da segunda vaga direta para a Liga dos Campeões da Europa. Vice-líder do Campeonato Italiano, a Roma tem 75 pontos, oito atrás da Juventus, já classificada para a próxima edição da competição continental. Com 64 pontos, em quarto lugar, a Lazio vai em busca de um triunfo para se aproximar do Napoli, atual terceiro colocado.

Há 25 anos na Roma, clube que defende desde quando se tornou profissional, Totti deve pendurar as chuteiras no final desta temporada europeia e passar a integrar a diretoria do clube. "Eu tinha um sonho quando era criança. Eu queria passar toda a minha carreira no único time que amo. E eu não traí este sonho", afirmou Totti.

Nesta quinta, na capital italiana, o jogador participou do evento de lançamento de suas chuteiras douradas, uma homenagem da Nike à carreira de Totti na Roma. Foram produzidas apenas 2.500 pares, 100 para cada temporada jogada pelo jogador na equipe. No Brasil, 32 pares estão à venda no site da Nike por R$ 1.399,90 cada.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolTottiRoma Clube de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.