Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Léo aprova período de recesso e prevê Cruzeiro forte a partir de julho

Zagueiro voltou aos treinos nesta segunda-fera, após dez dias de folga por causa da Copa América

Redação, Estadão Conteúdo

24 de junho de 2019 | 19h43

Após dez dias de recesso, os jogadores do Cruzeiro voltaram, nesta segunda-feira, aos treinamentos visando o primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil, dia 11 de julho, diante do rival Atlético-MG. Em entrevista coletiva após a atividade realizada à tarde, o zagueiro Léo comentou sobre os benefícios da parada no Campeonato Brasileiro e de outras competições por causa da disputa da Copa América.

"Tivemos uma pausa muito boa, onde a maioria descansou bastante. Recuperamos bem e reiniciamos o trabalho. Serão dias bons para ajustar muitas coisas. Nosso grupo é consciente, e experiente também. No primeiro semestre conquistamos alguns objetivos, como ser campeão mineiro, avançar na Libertadores. Mas todo mundo sabe o que pode render. E por isso todo mundo se cuidou. Teremos pela frente jogos grandes, importantes, mas temos elenco forte para alcançarmos nosso objetivo neste segundo semestre", disse o experiente zagueiro.

Léo prevê duelos complicados logo no retorno do Cruzeiro às competições, sendo que a equipe voltará a atuar pelo Brasileirão no dia 14 de julho, contra o Botafogo, no Mineirão. "O calendário estava montado e, a meu ver, a pausa foi em momento bom. Vamos procurar retomar nossa caminhada. A gente sabe que julho vai ser intenso, um mês de muitas decisões. Por isso temos de aproveitar bem esse período de treinos para entrar focado. Não podemos esquecer o Brasileiro, é um campeonato muito importante. Os jogos serão no intervalo das decisões, mas vamos focar em todas as competições."

Para enfrentar os difíceis compromissos que virão, o defensor confia na experiência do técnico Mano Menezes. "Temos um excelente treinador, que sabe como é o futebol brasileiro, conhece nosso grupo, sabe o modo de agir de cada um. Já passamos por vários momentos, bons, ruins, e conseguimos colher alguns frutos. Achei positivo mantê-lo, pois influencia no trabalho, na maneira de jogar, no sistema."

Além da disputa da Copa do Brasil, o Cruzeiro, que não vence há nove jogos, está no Brasileiro e na Libertadores. Na competição nacional, o time vai mal. É apenas o 18º colocado, com oito pontos. Em nove jogos, o atual campeão mineiro soma duas vitórias, dois empates e cinco derrotas. No torneio sul-americano, vai encarar o River Plate nas oitavas de final, com jogos marcados para os dias 23 e 30 de julho. O primeiro será em Buenos Aires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.