Divulgação/Santos FC
Divulgação/Santos FC

Léo Baptistão elogia apresentação do Santos na Vila Belmiro: 'Soubemos trabalhar o jogo'

Atacante abriu o placar para a equipe santista na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, neste domingo, pelo Brasileirão

Redação, Estadao Conteudo

17 de abril de 2022 | 14h55

Léo Baptistão era um dos mais eufóricos jogadores do Santos após o triunfo por 2 a 1 sobre o Coritiba, na Vila Belmiro. O centroavante ganhou chance na vaga de Ricardo Goulart para articular as jogadas e acabou abrindo o caminho para o resultado positivo. Ciente que o clube ainda "tem muito a melhorar", ele garantiu que a equipe soube se portar diante de um rival embalado por conquista e grandes resultados.

"A gente começou muito bem, criando bastante ocasiões de gol, o calendário é muito difícil e no final perdemos um pouco de intensidade", reconheceu Léo Baptistão, ao Premiere, sobre a queda da intensidade não apenas do Santos, como da partida após um primeiro tempo eletrizante.

"Mas não faltou garra, nem dedicação, muito menos técnica. Soubemos trabalhar bem o jogo e agora é pensar na quarta-feira (novo jogo com o Coritiba, agora pela Copa do Brasil). Com certeza temos muito a melhorar." A visita ocorre às 19h15 e o duelo de volta aguarda remarcação por causa, justamente, da falta de datas.

Contratado para ser o tão sonhado centroavante que o Santos buscava ainda em 2021, Léo Baptistão sofreu com lesão muscular e fechou a temporada passada em branco. Mesmo ainda cavando uma vaga entre os titulares, ele alcançou seu terceiro gol em 2022 e espera dar prosseguimento neste crescimento de produção.

"Graças a Deus (mais um gol). E mais uma vitória, o mais importante é isso", completou, à TV Santos, enquanto trocava abraços e cumprimentos ainda no gramado da Vila Belmiro. Mesmo irradiando alegria, ele sabe que a volta de Ricardo Goulart, poupado pelo desgaste físico, pode mandá-lo de volta à reserva. Ele espera que sua apresentação e o gol sirvam para mudar o pensamento do técnico Fabián Bustos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.