Léo e Deivid não se reapresentam

O lateral-esquerdo Léo e o atacante Deivid já deixaram de treinar no Santos, mas mesmo assim o técnico Gallo acredita que não vai perder os dois jogadores. Após a reapresentação do grupo, nesta terça-feira à tarde, no Centro de Treinamentos Rei Pelé, o técnico confirmou que o vice-presidente Norberto Moreira da Silva retornou da França, após ficar uma semana tentando inutilmente convencer o Bordeaux a aceitar uma das duas propostas do Santos. "Mas, está vindo uma pessoa da França para dar a palavra final e acredito que haverá acordo." Sem contrato desde o dia 30 de junho, quando terminou o seu empréstimo, Deivid não quer retornar ao Bordeaux, apesar de o novo técnico do clube, o brasileiro Ricardo Gomes, ter pedido a sua reintegração. Ele não quer nem voltar a jogar na Europa. As propostas levadas por Norberto eram de US$ 4 milhões pela compra do jogador ou de US$ 2 milhões por 50% da multa contratual do atleta, com a prorrogação do empréstimo por mais um ano. Ambas não foram aceitas porque o La Coruña, da Espanha, estaria disposto a pagar 4 milhões e meio de euros por Deivid.Outro caso - Se Léo não recuar outra vez, o encontro que o presidente Teixeira quer ter com ele seria o da despedida. O lateral disse na sexta-feira que não jogaria mais no Santos e que já assinou um pré-contrato com um time de Portugal, cujo nome seria divulgado numa entrevista marcada para esta terça, que não aconteceu. Gallo confirmou que o clube vai fazer uma proposta para fazer Léo desistir da idéia de ir embora. "Acredito num acerto", afirmou o técnico.Time - Além de Robinho, Léo, Deivid e Zé Elias (recuperando-se de contusão), Douglas também faltou ao treino desta terça-feira. Gallo explicou que o atacante, que fez dois gols na vitória de domingo, ficou em Goiás para participar de uma audiência na Justiça do Trabalho e não conseguiu passagem para retornar a tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.