Igor Sales/Cruzeiro
Igor Sales/Cruzeiro

Léo lamenta 'indefinição um pouco chata', mas garante Cruzeiro focado no Lara

Partida teve que ser adiada por conta da crise que atinge a Venezuela

Redação, Estadão Conteúdo

13 de março de 2019 | 18h40

O Cruzeiro enfrentaria o Deportivo Lara nesta quarta-feira, no Mineirão, pela segunda rodada da Libertadores, mas a crise elétrica na Venezuela impediu que a equipe do país viesse ao Brasil a tempo da partida, que acabou adiada para quinta. O zagueiro Léo admitiu que a situação é incômoda, mas tentou tratá-la com naturalidade.

"É uma questão inusitada, mas nossa preparação é em prol do jogo, que está marcado. Nosso foco é jogar e estamos nos preparando para isso. Influencia o Campeonato Mineiro. As indefinições são um pouco chatas, mas nossa cabeça está voltada para os jogos", declarou nesta quarta.

Com o adiamento, o elenco do Cruzeiro foi à Toca da Raposa II nesta quarta e trabalhou normalmente. O problema é que o Deportivo Lara seguiu enfrentando problemas para deixar a Venezuela, o que manteve o mistério sobre a realização do duelo na quinta.

"Em 14 anos como profissional, nunca havia passado por isso de remarcar partida. Mas não muda a preparação. Vamos repetir algumas partes, analisar o adversário, nos preparar para algumas coisas que podem acontecer. Estamos sem definição sobre o jogo e a gente acompanha tudo", apontou Léo.

Apesar destes problemas, o zagueiro garantiu que o Cruzeiro está totalmente focado na partida. "Mentalmente, a gente procura estar pronto, nos outros aspectos também. Em se tratando do lado do adversário, é difícil analisar, pois não sabemos detalhadamente o que está acontecendo. Mas eles também devem estar em situação complicada, treinando sem saber se vão viajar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.