Divulgação
Divulgação

Léo Moura confirma saída do Flamengo e se transfere para os EUA

Lateral-direito de 36 anos confirma que está deixando o rubro-negro para jogar no Fort Lauderdale Strikers, do qual Ronaldo é o dono

Estadão Conteúdo

23 de fevereiro de 2015 | 13h50

O lateral Leonardo Moura, 36 anos, confirmou na manhã desta segunda-feira, em entrevista coletiva, que vai realmente deixar o Flamengo, como já vinha sendo especulado desde a semana passada. Ele atuará no Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, clube do qual o ex-jogador Ronaldo Fenômeno é um dos acionistas.

Contratado pelo Flamengo em julho de 2005, Léo disputou 516 jogos, alcançando a sétima maior marca do clube, ao lado do ex-volante e ex-técnico Carlinhos. Ao todo, ele fez 47 gols. Nesse período, conquistou vários títulos: um Campeonato Brasileiro, duas Copas do Brasil e cinco Cariocas.

O atleta continuará na Gávea até domingo, dia do clássico do Flamengo com o Botafogo, pelo Carioca. Ele disse que está à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo para essa partida e para o jogo de quarta-feira, contra o Brasil de Pelotas, no Rio Grande do Sul, pela Copa do Brasil.

"Se vou jogar ou não isso vai ser uma decisão do treinador. Vai ser bom ficar aqui mais alguns dias porque assim vou poder me despedir dessa galera que sempre me acolheu e me deu muita moral."

O atleta afirmou que optou por uma transferência para o exterior para evitar o constrangimento de um possível confronto com o próprio Flamengo, caso decidisse jogar por outro clube do Brasil.

"São 10 anos aqui, uma vida longa no Flamengo. Cada dia que passa, fica mais perto o momento de sair e é claro que vai dando aquela tristeza. Não me via em outro clube, por isso escolhi outro país, um novo projeto de vida. Não queria perder a identificação com o Flamengo, seria muito ruim para mim."

Também presente à entrevista coletiva, no CT Ninho do Urubu, o diretor-executivo de Futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, disse que o clube estuda a possibilidade de realizar um jogo de despedida para Leonardo Moura. "Já estamos estudando com o nosso marketing um jogo festivo para que se possa dar dimensão necessária à história de Leonardo Moura no clube", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoLéo Moura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.